Onde está a Inovação?



Num ano totalmente atípico devido à pandemia, o tema INOVAÇÃO ganhou muito destaque no cenário das companhias brasileiras. A disrupção tecnológica que atinge grandes empresas e setores inteiros da economia, está criando caminhos diferentes. Um deles é o investimento de grandes players de mercado em startups e novos modelos de negócios, para estar sempre na vanguarda da inovação.



  • Será que este movimento é sustentável?

Os temas em alta e que norteiam a busca pela Inovação estão relacionados à transformação digital, aumento de eficiência com redução de custos e entendimento da problemática do cliente. Junto trazem alguns desafios como: planejamento para otimizar as chances de sucesso, alinhamento estratégico e avaliação dos riscos associados.

  • Como podemos falar em inovação fazendo a relação com os temas citados?

Podemos pensar em como Big Data Analytics, Cloud Computing e Inteligência Artificial podem interagir na transformação digital, no aumento de eficiência com redução de custos e no entendimento do cliente para fazer a diferença. Só isso resolve? Claro que não. E por quê?



Toda esta inovação precisa ter pessoas para conduzir o processo. Pessoas para buscar a inovação e direcionar o negócio para o caminho proposto.

Falando de pessoas, elas precisam ter habilidades, que podem ser divididas em 2 grupos:


1. Domínio de Hards Skills:

a. Data analytics;

b. Mercado;

c. Bussiness;

d. Softwares ou hardwares, entre outros.


2. Domínio de Soft Skills:

a. Pensamento analítico e criativo;

b. Empatia com cliente;

c. Iniciativa;

d. Raciocínio e solução de problemas


Muitas dessas habilidades podem ser complementadas com ajuda externa de especialistas. Será que só buscar ajuda é a melhor solução para termos uma equipe com as habilidades necessárias para vencer as barreiras que podem dificultar a busca pela Inovação? Entendemos que não, pois mesmo com ajuda temos que dar total enfoque à barreira que a área de Gestão de Pessoas terá no recrutamento e retenção dos talentos necessários para gerar ou para buscas a Inovação. Temos que pensar em estratégias para:


a) como recrutar pessoas que se enquadrem nos novos modelos de negócio que estão surgindo, principalmente aqueles inovadores que estão sendo gerados através de star ups;

b) como preparar/adaptar essas pessoas para a Inovação; e:

c) como retê-las para dar sequência à mudança e transformação cultural.


Não ter as pessoas certas, preparadas e com vontade de permanecer no negócio compromete todas a busca pela transformação cultural, consequentemente com o negócio. Superar este desafio torna a área de Gestão de Pessoas um elo estratégico e imprescindível no processo de busca pela Inovação.


Leia também:

Posts Em Destaque

Posts Recentes

Arquivo

Procurar por tags

Siga

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Todos os direitos reservados a Qualytool Consulting Group - 2001

qualytool@qualytool.com    Av. João Venzon Netto, 105 - Caxias do Sul, RS 

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn Qualytool